A vida é cheia de surpresas, umas boas e outras ruins. Mas existem aquelas que poderiam ser horríveis, mas que por força do destino ou pura sorte como queiram, deixaram que essas pessoas ficassem um pouco mais aqui na Terra.

Sabendo disso, verás agora 13 pessoas que de alguma forma milagrosamente saíram ilesas de cenários potencialmente mortais.

Confira:

1. Este “machado atravessa o pára-brisa” e quase acerta em cheio a passageira. Isso ocorreu em southbound I-95 em Topsfield, Massachusetts. O machado voou do caminhão por que ele não foi devidamente guardado.

2. Ufa! Este não é apenas perto, é absolutamente louco!

3. Esse telespectador quase se dá mal ao assistir a demolição de um preio, quando um escombro quase o acerta no rosto.

4. O senhor está casualmente filmando um trem que passa, quando surge um por suas costas que quase o acerta.

5. Este carro deve ter um campo de força em torno dele. Quanta sorte do seu dono!

6. Fica até parecendo que a árvore se inclina para evitar o carro!

7. “Vejam um crocodilo grandão aqui do meu lado…

Esta estreita ligação aconteceu na Austrália. O homem que evitou tornar-se o almoço deste crocodilo, Novon Mashiah, calculou mal quão rápido esses animais podem ser.

8. Esta é uma daquelas situações em que é difícil imaginar exatamente como isso aconteceu. Ainda assim, o condutor tem a sorte de ter desafiado a gravidade e conseguiu vencer. Não é algo que você vê todos os dias!

9. As pessoas não são os únicos que podem ter um triz! Este cervo, evidentemente, calculou mal a quantidade de tempo que ela tinha que atravessar a estrada e quase pagou com sua vida.

10. Este homem foi surpreendentemente capaz de sobreviver a uma colisão na I-84 do Oregon. Ele ficou preso entre dois caminhões. “Ele teve um olho ferido e alguns pequenos cortes na mão e nada mais”.

11. Este esquiador conseguiu saltar para a segurança pouco antes de uma avalanche desabar sobre ele.

12. Isso poderia ter sido muito mais doloroso e muito mais sangrento! Ufa!

13. Se este buraco que se abriu na China em junho de 2010, tivesse sido apenas uns centímetros maior, o motorista não teria sido capaz de escapar dele.

Comentários

CONTINUAR LENDO