Você com certeza é ou já deve ter conhecido um “notívago”, daqueles que ficam horas trabalhando, estudando, etc., durante a noite.

Entretanto, por mais que achemos que “inverter os horários” é algo que faça mal, precisamos conhecer um pouco mais sobre essas pessoas e o que a ciência diz sobre elas.

6 – Pessoas noturnas são mais inteligentes

Alguns estudos afirmam que as pessoas que acordam cedo tem mais chances de serem bem sucedidas, porém outros revelam que as mais criativas são aquelas que dormem tarde.

O cientista evolucionista Statoshi Kanazawa, da London School of Economics e Political Science, revelou que existe uma relação entre a inteligência e comportamentos adaptativos. Segundo ele, algum comportamento diferenciado dos nossos ancestrais estaria mais relacionado à inteligência, como por exemplo ficar acordado até mais tarde.

5 – Possuem um desempenho melhor em provas

Um estudo conduzido pela Universidade de Madri na Espanha analisou os padrões de sono de aproximadamente 1.000 adolescentes.

Descobriu-se que os notívagos eram quem tinham os melhores resultados nas provas em comparação àqueles com um horário padrão de sono.

4 – Desenvolvem sua criatividade

Outro estudo realizado pela Universidade Católica do Sagrado Coração em Milão, na Itália, revelou que dormir tarde “pode incentivar o desenvolvimento de um espírito não convencional e da capacidade de encontrar soluções alternativas e originais.”

De acordo com o estudo, as pessoas notívagas tinham soluções em maiores quantidades e totalmente originais. A mesma universidade que conduziu o estudo revelou que as crianças notívagas possuem maiores chances de se tornarem adultos notívagos e assim atrair pessoas com mentes mais curiosas.

3 – São mais fortes

De acordo com uma pesquisa conduzida pela Universidade de Alberta, em que foi estudada a força na perna de pássaros, uma demonstração revelou que os pássaros que acordam cedo mantém uma força padrão nas pernas ao longo do dia, ao passo que os noturnos, como por exemplo, as corujas que tinham seus níveis de força aumentados ainda durante a noite.

2 – Ficam em alerta por mais tempo

No ano de 2009 os pesquisadores da Universidade de Liège, na Bélgica, fizeram um estudo medindo a atividade cerebral de “pessoas extremamente noturnas” e “pessoas que dormem cedo”.

O resultado foi que os participantes que acordavam mais cedo tinham menor atividade nas regiões cerebrais ligadas à atenção em comparação com as pessoas noturnas.

1 – Elas veem as coisas de forma diferente

De acordo com um estudo conduzido por Kanazawa, as crianças mais inteligentes têm grandes propensões a serem adultos notívagos no futuro. Com sua capacidade de criatividade e alerta, essas mesmas crianças atrairiam amizades de mentes brilhantes e curiosas, com isso mudando totalmente sua perspectiva sobre o mundo.

Foi constatado também que pessoas de sucesso dormem menos do que o habitual e geralmente dormem mais tarde. Confira aqui nesta matéria publicada pela Exame alguns desses gênios.

[Guff]

 

Comentários

CONTINUAR LENDO