As pessoas que acreditam em extraterrestres são muitas vezes taxadas como teóricos da conspiração. Mas um pequeno grupo de astronautas da Nasa acredita que de fato os extraterrestres existem e que eles já visitam a Terra há algum tempo.

Quatro desses veteranos do espaço, se tornaram famosos por sua visão franca sobre a existência de alienígenas.

Alguns disseram que os OVNI’s já foram vistos sobrevoando sobre silos de armas nucleares, enquanto outros afirmaram tê-los visto cara a cara.

Aqui estão quatro verdadeiros astronautas da Nasa que acreditavam na existência de alienígenas.

Edgar Mitchell

Edgar Mitchell foi a sexta pessoa a andar na lua em 1971 depois de embarcar na Apollo 14.

Ele experimentou uma intensa epifania espiritual em seu caminho de volta da lua e desde então dedicou sua vida a provar a existência de vida alienígena.

Ele afirmou que os alienígenas salvaram a humanidade de uma devastadora guerra nuclear e diz que o Vaticano está cobrindo o conhecimento de uma raça alienígena que está tentando compartilhar seus segredos conosco como por exemplo uma nova fonte de energia.

Mitchell disse que os extraterrestres são frequentemente vistos acima de silos de ogivas nucleares e já impediram que as armas nucleares disparassem durante as tensões da Guerra Fria.

O astronauta acredita firmemente que o governo americano está cobrindo o escândalo de Roswell, no qual uma nave semelhante a um disco teria supostamente caido perto de uma pequena cidade no Novo México.

“A razão para a negação é que eles não sabiam se [os alienígenas] eram hostis e não queriam que os soviéticos soubessem, então inventaram uma enorme e complexa mentira para encobrir o caso”, disse ele.

Mitchell morreu em um hospital em 4 de fevereiro de 2016, na véspera do 45th aniversário de seu desembarque lunar.

Gordon Cooper

Gordon Cooper foi um dos sete astronautas selecionados para a primeira missão espacial tripulada da Nasa.

Com o nome de código Projeto Mercúrio, a missão durou de 1958 até 1963 e tinha como objetivo levar o ser humano a órbita.

Cooper afirmou ter visto um UFO sobrevoar a Alemanha em 1951.

Ele também afirma ter visto alienígenas em uma base aérea experimental dos EUA durante seu tempo na Nasa.

“Eu acredito que esses veículos extraterrestres e suas tripulações estão visitando nosso planeta de outros planetas, que são um pouco mais tecnicamente avançados do que nós aqui na Terra”, disse ele à ONU em 1984.

“Mas primeiro temos que mostrar-lhes que aprendemos a resolver os nossos problemas por meios pacíficos e não pela guerra, antes de sermos aceitos como membros da equipe universalmente dos qualificados.”

“Nossa aceitação trará enormes possibilidades de avanço em todas as áreas.”

Cooper desenvolveu a doença de Parkinson com 77 anos e morreu de insuficiência cardíaca em 4 de outubro de 2004.

Deke Slayton

Deke Slayton também fazia parte do Projeto Mercúrio da Nasa, e conseguiu elevar sua posição dentro da Agência Espacial antes de se tornar o Diretor de Operações de Tripulação de Vôo da Nasa.

Ele também teria visto um OVNI em 1951.

“Parecia um pires deitado em um ângulo de 45 graus”, disse ele, de acordo com o Daily Star.

“Eu não tinha nenhuma câmera, caso contrário, eu teria tirado algumas fotos.

Slayton foi diagnosticado com um tumor cerebral maligno em 1992 e morreu da doença, aos 69 anos, em 13 de junho de 1993.

Brian O’Leary

Brian O’Leary foi selecionado para uma missão da Nasa em Marte em 1967, embora o programa tenha sido cancelado um ano depois.

Uma experiência de quase morte mais tarde em sua vida mudou a perspectiva de O’Leary sobre extraterrestres.

Dr. O’Leary, se tornou um professor de física na Universidade de Princeton depois de deixar a Nasa e disse: “Há abundantes evidências de que estamos sendo contatados.”

“As civilizações estão nos monitorando há muito tempo e sua aparência é bizarra de qualquer tipo de ponto de vista.”

O’Leary morreu de câncer intestinal em 28 de julho de 2011, logo após o diagnóstico, em sua casa em Vilcabamba, Equador.

E você, acredita neles?

Comentários

CONTINUAR LENDO