A Coreia do Norte anunciou ontem (26) que está pronta para dar uma saudação mortal aos Estados Unidos. Segundo a imprensa norte-coreana, aviões e submarinos também participaram da demonstração de força.

“Submarinos estão prontos para enviar torpedos aos navios de guerra dos inimigos e bombardeiros se preparam para voos rasantes com lançamentos de bombas” disse a KCNA.


Apenas uma faísca:

Mais de 300 canhões de grande calibre estão alinhados ao longo da costa para abrir fogo de uma só vez. Segundo o ditador Kim Jon-un, a Coréia do Norte chegou em uma situação que não há mais retorno e mandou o seguinte recado para os EUA:

“Estamos prontos para vocês! As praias da Coréia do Norte se ‘entopem’ de armas enquanto a armada de Trump se aproxima.”

O que Kim quer

“A Coréia do Norte acredita que a única maneira de impedir os EUA de atacá-los e manter o poder do regime de Kim é a posse de armas nucleares.”
Disse Joe Bermudez, analista da 38 North, um grupo de monitoramento norte-coreano.
“Ele (Kim Jong Un) dirige um terrível estado que é generosamente chamado de Terceiro Mundo em termos de economia e ele tem que ter algo para provar a força de sua liderança. Ele quer a energia nuclear, como também quer ser capaz de dizer que é que está igualado Estados Unidos como resultado disso “, disse Bennett, analista local.
A mídia estatal norte-coreana disse na quarta-feira que o país “pensa muito na paz e a ama mais do que qualquer outra coisa, mas não teme uma guerra e nem vai evitá-la”.

Confira o vídeo da CNN na integra:

As imagens a seguir exibem uma artilharia monstruosa:

Fonte: CNN

Comentários

CONTINUAR LENDO