As pessoas mais velhas devem relaxar e se divertir, e sempre passar o tempo restante de sua vida com os seus entes queridos. Mesmo que muitas delas já estejam sofrendo de doenças potencialmente fatais que danificam o corpo já envelhecimento.

E esse é exatamente o caso da chinesa Liang Xiuzhen tem 87 anos e mora na cidade de Sichuan, no sudoeste da China. Em um determinado dia, a senhora percebeu uma pequena protuberância na sua testa e que a mesma coçava bastante.

De acordo com seu filho, Wang Zhaojun, a familia tentou curar a velha senhora usando a medicina natural, e assim tentar tratar a elevação na sua pele. E durante 6 anos, ela não teve mais do que se queixar. Até que, um dia, uma catástrofe aconteceu!

Liang Xiuzhen

A protuberância se rompeu e, de repente, foi substituída por um pequeno chifre que se parecia com o de um animal! A família ficou chocada, mas os médicos no hospital local chegaram a um diagnóstico e decidiram tratá-la normalmente. E assim, Liang Xiuzhen viveu por 2 anos com um chifre na cabeça.

Na sua aldeia, ela passou a ser conhecida como a “mulher-unicórnio”. Porém, um dia, enquanto sua filha lavava seu cabelo, o seu enorme “chifre” caiu! E quando pensaram que as coisas não poderiam ficar piores, viram que onde havia um pequeno chifre, agora havia crescido um chifre enorme no meio da testa da idosa! Que crescia rapidamente dia após dia.

Liang Xiuzhen

O dito chifre cresceu até atingir cerca de 12 cm de comprimento e 5 cm de diâmetro! Apesar da senhora ter pavor de hospitais, ela foi levada ao médico novamente. Dessa vez, eles foram capazes de fazer o diagnóstico correto.

E o que a senhora tinha na verdade era conhecido como chifre cutâneo e causa muita dor ao paciente. Ele é composto, principalmente, de queratina, o mesmo material que forma seu cabelo e suas unhas. A má notícia é que este chifre pode ser um câncer benigno ou maligno.

Liang Xiuzhen

Mesmo que o chifre cause muita dor (e também sangramentos ocasionais), a família decidiu não operar a idosa. O medo de que algo pudesse dar errado era muito grande. “Minha mãe já está bem velhinha e o chifre está localizado em uma região sensível na cabeça. Uma cirurgia poderia ser muito arriscada para ela”, disse Chaojun, filho de Liang Xiuzhen.

Liang Xiuzhen

O caso deste idosa chinesa é único, já que esta doença rara se manifestou nela de uma forma particularmente extrema e agressiva. Já imaginou do nada começar a nascer um chifre enorme na sua cabeça?

Neste vídeo poderás ver mais imagens desta senhora e sua situação:

Por este motivo, a família de Liang decidiu tornar sua história pública. Eles querem que as pessoas conheçam este problema médico e que no futuro, os afetados possam ser diagnosticados mais cedo e possam ser tratados rapidamente.

Compartilhe esse artigo, vai que tem alguém por aí na mesma situação desta senhora!?

Fonte: [Starpbridis]

Comentários

CONTINUAR LENDO