Uma ilha em forma de crescente surgiu da ponta de Cape Point na Carolina do Norte, em águas cercadas pelo chamado Triângulo das Bermudas.

Publicidade

O Triângulo das Bermudas é uma enorme área de 500 mil quilômetros de extensão no Oceano Atlântico Norte. Também é apelidado de “Triângulo do Diabo”, e é definido por pontos nas Bermudas, Flórida e Porto Rico.

Curiosamente, ao contrário da crença popular, o Triângulo das Bermudas não é um mito moderno. Cristóvão Colombo foi uma das primeiras pessoas a testemunhar os mistérios do Triângulo das Bermudas. Segundo os relatos, quando Colombo navegou na área conhecida hoje como o triângulo do diabo, ele percebeu falhas no compasso e até mesmo assistiu a um acidente de “bola de fogo” no oceano. Ele e sua equipe testemunharam um clima estranho e misterioso ao atravessar o Triângulo das Bermudas com segurança. Nos tempos modernos, astronautas, cosmonautas russos e pilotos de todo o mundo falaram sobre o Triângulo das Bermudas dizendo ter visto flashes de luz ao voar pela área, momentos em que, de acordo com muitos, instrumentos eletrônicos de voo pareciam funcionar mal.

Quanto à ilha enigmática, de acordo com o site Virginian Pilot, o enigmático corpo de água foi apelidado de Ilha Shelly pelos moradores devido à grande quantidade de conchas que destroem a costa. A nova ilha mede cerca de 1,5 km e tem cerca de 120 metros de largura.

O supervisor do Cape Hatteras National Seashore, Dave Hallac, advertiu as pessoas a evitarem a área. Ele disse que as pessoas devem ficar longe da ilha e não devem tentar caminhar ou nadar, pois existem fortes correntes que fluem entre o ponto e a nova ilha.

Além disso, Bill Smith, presidente da North Carolina Beach Buggy Association, disse que poderia haver ainda mais relatórios de perigos, ao site The Sun.

Segundo ele, “tubarões de até 1 metro e meio de comprimento e arraias tão grandes quanto o capô de um caminhão foram vistos rondando abaixo da superfície. Estamos preocupados com as mordidas de tubarões, mas estamos ainda mais preocupados com os afogamentos”.

Fonte: Ancient Code

Que tal contribuir com um ponto? 😉

236 pontos
Upvote Downvote

Total votes: 278

Upvotes: 257

Upvotes percentage: 92.446043%

Downvotes: 21

Downvotes percentage: 7.553957%

Comentários

CONTINUAR LENDO
Publicidade