Com frequência acompanhamos notícias na internet sobre misteriosos desenhos ou formas encontradas em plantações ou no fundo do mar – sem dúvida, tais assuntos deixam matéria para mais de uma teoria, que vão desde as mais céticas, como “possíveis formações naturais”, às mais mirabolantes e com cunho religioso, nas quais a presença de alienígenas se torna evidente.

Acontece que, em um mergulho realizado pelo mergulhador japonês Yoji Ookata, algo muito estranho foi encontrado: eram marcas muito misteriosas e muito parecidas com os “crop circles”, os círculos em plantações. De início às investigações, concluiu-se rapidamente que este fenômeno poderia ser inexplicável, ao passo que muitos atribuíram os círculos aos indícios de presença alienígena na Terra. Porém, após algum tempo, os pesquisadores se surpreenderam com a causa desse estranho fenômeno.

misterio-das-estranhas-marcas-encontradas-no-fundo-do-oceano-e-revelado-2

Um documentário na TV mostrou que um pequeno peixe, o baiacu, era o grande responsável pela façanha: ao acasalar, o peixe faz uma estranha prática de estabelecer marcas, que são capazes de guiar a fêmea até o local onde ocorrerá a cópula. Ou seja, o baiacu é o responsável pelas misteriosas marcas deixadas no fundo do mar.

O peixe é um animal muito ingerido no Japão, de modo que o baiacu também entra na lista, apesar de ser uma espécie muito venenosa que exige um preparo extremamente meticuloso antes de ser ingerido. Por essa razão ele é considerado iguaria e envolto por crenças e superstições, já que seu comportamento também é diferenciado.

misterio-das-estranhas-marcas-encontradas-no-fundo-do-oceano-e-revelado-3

Sua capacidade de inflar-se quando ameaçado, entre outros comportamentos do peixe são também motivo de estranhamento por parte dos japoneses com relação à espécie. Recentemente, o governo japonês proibiu o consumo do baiacu, por cerca de 21 pessoas terem morrido por intoxicação pelo peixe, ao tentarem prepará-lo por conta própria.

Apesar de alguns cozinheiros especializados conseguirem autorização para prepararem pratos do o Fugu, como é chamado o baiacu no Japão, este peixe ainda é envolto em mistérios e tabus.

[Jornal Hoje] [Chrome Dicas]

Comentários

CONTINUAR LENDO