Uma mulher conseguiu passar por uma condição extremamente rara: engravidar do segundo filho enquanto ainda gestava o primeiro.

Kate Hill, da região de Brisbane na Austrália, decidiu com seu marido que havia chegado a hora de ter um filho. Eles passaram por vários exames antes de começarem as tentativas para engravidar, porém Kate foi diagnosticada com a síndrome do ovário policístico — uma condição hormonal que com o tempo tinha a deixado incapaz de ovular.

Devido esse problema ela fez um tratamento e então conseguiu engravidar – não uma vez só, porém duas e com dez dias de diferença entre um bebê e outro.

Trata-se de um fenômeno médico muito raro chamado superfetação, que abrange apenas 10 casos conhecidos no mundo todo. Isto é, um gravidez que acontece enquanto outra já está em andamento.

“Eu havia ficado grávida e tive apenas uma relação com meu marido depois da notícia. Jamais esperaria que meu corpo liberasse um outro óvulo e que isso poderia acontecer” – disse Kate.

A mamãe ficou muito surpresa com a notícia, principalmente depois de saber que se tratava de duas meninas, as quais receberam os nomes de Charlotte e Olívia. Elas ainda se apressaram para chegar ao mundo e haviam nascido antes da data estipulada para o parto via cesariana.

Este nascimento diferente foi registrado pela fotógrafa australiana em 2016, Selena Rollason, cujas imagens do trabalho você acabou de conferir neste post.

Impressionante!

Fonte: Perfeito Guru.

Comentários

CONTINUAR LENDO