A NASA anunciou recentemente que um grande asteroide, conhecido como 2004 BO41, está fazendo o seu caminho em direção à Terra. Embora o 2004 BO41 esteja a 120 milhões de quilômetros de distância da Terra, a rocha está causando muita preocupação para os cientistas devido ao grande tamanho dele em relação ao nosso planeta.

Embora essas rochas sejam o acúmulo de partículas de poeira que se quebram por conta do nosso forte campo magnético, a verdade é que 10 por cento deles conseguem passar por ele e atingem o nosso planeta, na verdade, a Terra já foi atingida por 350 asteroides consideravelmente grandes no passado.

nasa.gov
Enquanto o 2004 BO41 possa não estar perto o suficiente da Terra para um impacto, os cientistas estão estimando que uma rocha menor, conhecida como QL44, medido 61 metros de comprimento, vá passar pela Terra no final deste mês na incrível e ameaçadora velocidade de 49.000 kph.
Mesmo tendo um tamanho consideravelmente menor, este asteroide é alarmante diz especialistas, devido a sua órbita altamente incerta.
wccftech.com

De acordo com os especialistas, um meteoro tão pequeno quanto esse teria o impacto equivalente a várias bombas nucleares.

Existem milhões desses objetos rochosos que flutuam em torno do nosso sistema solar, tipicamente encontrados entre Marte e Júpiter.
asteriod.net
Em 1908, a Sibéria enfrentou um acontecimento devastador, conhecido como o Evento de Tunguska A, quando um asteroide destruiu mais de 80 milhões de árvores e enviou uma onda de choque alarmante através da Rússia. Hoje, a gravidade dos asteroides pode ser antecipada, em um esforço para prever quando um asteroide desses possa vim em nossa direção. Mas esperemos que o 2004 BO41 e QL 44 permaneçam em órbita e não causem nenhum tipo de destruição para nós aqui na Terra.
pics-about-space.com

[PROVIDR]

Comentários

CONTINUAR LENDO