Algumas pessoas conseguem sair de uma situação difícil com muita dignidade.

Esta jovem se chama Allison Habban, ela tinha apenas 36 anos de idade, quando, devido ao câncer de mama, passou por uma mastectomia (cirurgia para remover a mama), resultando em um mamilo perdido. Como se não bastasse ela sofria com uma cicatriz impressionante que permaneceu em seu corpo logo após a cirurgia.

Atualmente, existem muitas maneiras diferentes para se esconder os efeitos da mastectomia: transplantes, implantes, bicos artificiais, e um monte de outras coisas, mas ela decidiu não ir mais a médicos. Depois de algum tempo refletindo, ela decidiu que queria uma tatuagem no local afetado.

Durante muito tempo Alison ficava pensando em como seria a tatuagem e quando ela finalmente conseguiu ver o que queria fazer em seu corpo, foi para a Nova Zelândia, para a Rose McCullen, que trabalha em um estilo negrito incrível. Como resultado, depois de uma sessão exaustiva de 13 horas foi criada a tão desejada tattoo.

As tatuagens agora estão ganhando popularidade entre as mulheres que passaram pelo câncer de mama e ficaram com sequelas.

Alison não sente mais vergonha do corpo e está muito feliz com o apoio das pessoas. Um grande exemplo de que você nunca deve desistir!

[OFIGENNO]

Comentários

CONTINUAR LENDO