Kaziranga National Park é uma história de sucesso quando se trata da conservação dos rinocerontes. E isso por que lá, seus funcionários e seguranças tem ordens para atirar e matar qualquer caçador furtivo que tente se aproximar dos animais.

Créditos da imagem: PA

Até os dias atuais, os seguranças do parque já mataram mais de 50 pessoas que tentaram chegar perto dos animais com a intenção de matá-los.

Créditos da imagem: EPA

Os Rinocerontes estarão sempre seguros aqui no parque. Há um século atrás, havia apenas um punhado de rinocerontes indianos de um chifre.

Créditos da imagem: Anupam Nath

Agora, o parque abriga mais de 2.400. Isso significa dois terços da população dessa raça no mundo todo.

Créditos da imagem:  Jonas Stenqvist

De acordo com informações e dados fornecidos pelo parque, mais pessoas foram mortas a tiros pelos guardas do parque tentando matar os animais, do que o número de rinocerontes mortos por caçadores furtivos

Créditos da imagem:  PA

Essas pessoas estão atrás do chifre do rinoceronte, pois eles podem ser vendidos por até US $ 6.000 à cada 100 gramas.

Créditos da imagem:  Emma Gatland

Acredita-se que os chifres comercializados sirvam como cura milagrosa para tudo, desde o câncer até a disfunção erétil.

Créditos da imagem:  Rudi Hulshof

Por isso os rinocerontes precisam de tanta proteção.

Créditos da imagem:  Martin Harvey

Os trabalhadores do parque nacional podem matar uma pessoa e fugir impunemente.

Créditos da imagem:  Sebastien Degardin

A questão é: poderia este tipo de castigo ser justificado e quantas pessoas inocentes foram mortas?

Créditos da imagem:  Michael Spain

Seria essa a melhor forma de proteger esses animais?

Fonte: [BoredPanda]

Comentários

CONTINUAR LENDO