Estudantes de física calcularam quanto tempo levaria para que os seres humanos fossem eliminados por um apocalipse zumbi e os resultados são bastante deprimentes.

O estudo sugere que após apenas 100 dias – um pouco mais de três meses – menos de 300 seres humanos seriam deixados vivos em todo o planeta. Nesse ponto, qualquer ser humano restante seria superado em número de um milhão para um por zumbis, o que significa que seria muito difícil lá fora para sobreviventes como Rick e sua gangue em The Walking Dead.

Mas antes de você desistir de toda a esperança, há uma boa notícia: um estudo dos alunos mostrou que, como os seres humanos que gradualmente matam mais zumbis e conseguem fazer mais bebês possíveis, conseguiria começar a restabelecer a população em um prazo de 27 anos. A pesquisa foi conduzida por estudantes de física da Universidade de Leicester como parte de um exercício anual que testa a sua capacidade de aplicar a ciência a real ou hipotética em cenários.

O professor Mervyn Roy, do departamento de física e astronomia da universidade, pensou que o tópico poderia ajudar os alunos a se envolverem na física complexa necessária para fazer esses tipos de previsões. “Todos os anos pedimos aos alunos que escrevam artigos curtos para o Journal of Physics Special Topics“, disse Roy. “Isso permite que os alunos mostrem seu lado criativo e apliquem um pouco da física que conhecem ao estranho, ao maravilhoso ou ao cotidiano”.

Para descobrir como a humanidade iria lidar com um apocalipse zumbi, os alunos primeiro tiveram que considerar os parâmetros da infecção. Eles presumiram que um zumbi poderia encontrar uma pessoa a cada dia, com uma chance de 90 por cento de infectá-las com o vírus.

Em seguida, utilizaram um modelo epidemiológico chamado ‘modelo SIR’ para mapear como a doença se espalharia. Usando o modelo, eles dividiram a população humana em três categorias: a população suscetível (S), zumbi (Z) e mortos (D).

A vida útil de um zumbi vai de S e Z e a D. E a equipe não levou em consideração o fator nascimento natural e taxas de mortalidade, já que estavam calculando apenas 100 dias e os nascimentos naturais e mortes ao longo desse tempo seriam muito insignificantes em comparação da proliferação do vírus zumbi.

O modelo então analisou a frequência com que os seres humanos infectados (zumbis) entrariam em contato com seres humanos não infectados, e como provavelmente eles passariam a doença, para ver quantos humanos poderiam sobreviver. Os resultados não foram grandes – após 100 dias haveria apenas 273 seres humanos restantes no planeta, os investigadores encontraram. E nós seríamos superados num milhão por zumbis.

Ou seja, não teríamos chance alguma. Um outro estudo mais “positivo” considerou que teríamos formas de matar os zumbis e de prevenir o vírus. Nestas condições, a equipe descobriu que levaria cerca de 1.000 dias, ou 2,7 anos, para que os humanos eliminassem todos os zumbis. E mais 25 anos depois disso, para que a população humana começasse a se recuperar do ataque.

O que significa que ainda pode haver esperança para o elenco de The Walking Dead, se parar de lutar uns contra os outros e começar a matar mais zumbis vez.

 [Science  Alert]

Comentários

CONTINUAR LENDO