Quatro asteróides estão prontos para fazer “uma aproximação” à Terra nesta quarta-feira.

O maior dos quatro objetos tem 260 metros de diâmetro e está viajando a uma velocidade aproximada de 13 km/s.

O mais próximo dos quatro asteróides, chamado de 2006LH, vai passar a uma distância de cerca de 2,4 milhões de quilômetros da Terra.

'2006XD2 é muito grande ", disse o cientista planetário Dr. Detlef Koschny MailOnline. "Se fosse para bater faria algum dano, mas nenhum desses objetos têm alguma chance de impactar a Terra, por isso estamos seguros"O 2006XD2 é um asteróide muito grande, disse o cientista planetário Dr. Detlef Koschny.

“Se ele se chocasse contra a Terra, faria algum dano, mas nenhum desses objetos têm alguma chance de impactar-se com a Terra, por isso estamos seguros.”

O objeto mais próximo da Terra, é o 2006LH, de 45 metros de diâmetro.

Os outros asteróides foram nomeados como; 2010XN, 2015YQ1, e o maior do grupo é 2006XD2.

Todos os meses, dezenas de asteróides passam próximos da Terra, mas é bem incomum existir quatro destes no mesmo dia.

“Isto é muito raro”, disse o Dr. Koschny em entrevista ao DailyMail: “Eu não me lembro de que isso tenha acontecido antes.”

INFORMAÇÕES SOBRE OS ASTERÓIDES 
Nome  

Distância (milhões de milhas)

Distância (milhões de km) Diâmetro estimado (em pés) Diâmetro estimado (m) Brilho relativo Velocidade milhas / s) veolcity Relativa (km / s)
2006LH 1,5 2.4 148 45 20.1 5.8 9.4
2010XN 3,5 5.6 205 62 20.1 7.3 11,7
2006XD2 4.2 6,7 850 260 17 8,5 13,6
2015YQ1 4,5 7.2 36 11 21 7,5 12

MISSÕES PARA REDIRECIONAR OS ASTEROIDES

Em 1996, um cometa, passou muito perto de nosso planeta, de acordo com o cientista da NASA Dr. Nuth.

E cometas são muitas vezes descobertos quando já é tarde demais para lançar uma missão de deflexão.

“Seguimos todos os objetos que têm uma chance maior do que 0 de se chocar contra a Terra nos próximos 100 anos”, disse Dr. Nuth.

“Há cerca de 580 objetos que consideramos um “risco” no momento. Mas até agora nenhum deles é de preocupação iminente.”

Na semana passada, especialistas alertaram que os seres humanos não estão preparados para o impacto de um asteroide, e que não há muito o que possamos fazer sobre isso.

Enquanto os asteróides e cometas perigosos raramente atingirão a Terra, o Dr. Nuth advertiu que sempre existirão ameaças.

Especialistas alertaram os seres humanos não estão preparados para impacto de um asteróide, e deve se dirigir para a Terra não há muito que possamos fazer sobre isso (imagem)

Comentários

CONTINUAR LENDO