As chuvas de meteoros de Taurídeas e Leónidas, atingirá o seu pico nos dias 11 e 17 de Novembro, respectivamente, e cada uma delas pode durar vários dias.

Elas são nomeadas assim, porque acontecerão nas constelações de Touro e Leão, mas você não vai precisar olhar em uma direção particular para vê-los. Basta olhar para o céu.

rrwe

Todos os anos a Terra passa pela corrente de meteoroides denominada de Complexo das Taurídeas, em dois períodos: Jun/Jul e Outubro/Novembro. O primeiro período produz meteoros vindos do lado diurno da Terra, portanto eram menos pujantes. Porém, o segundo período produzirá meteoros particularmente interessantes ao observador, principalmente àqueles atentos a visualização de bólidos (bolas de fogo).

A chuva de meteoros de Leónideas ocorre por conta dos detritos deixados pelo cometa periódico 55P/Temple-Tuttle, descoberto por Ernst Tempel e Horace Parnell Tuttle em dezembro de 1865.

tvhd
Constelação de Touro

A constelação de Taurus ou Touro, que é referida como o “olho” se dá pela gigante estrela vermelha de Aldebaran, que fica 67 anos luz da Terra e é a mais brilhante em sua constelação, mostrada na foto acima no canto inferior esquerdo.

As chuvas de meteoros produzem estrelas cadentes, embora o que estamos realmente vendo sejam partículas de poeira e detritos deixados por um cometa queimando na atmosfera da Terra.

jh5e

Às vezes, os elementos que são levados nas partículas deixam a estrela cadente com cores. Exemplo: se uma partícula tem elementos de cobre, você poderá ver uma estrela cadente na cor verde. 

Então se preparem e se programem para mais este incrível espetáculo vindo do espaço.

Fontes: Exoss, DailyMail

Comentários

CONTINUAR LENDO