Animais de estimação, como todas as coisas vivas, se comunicam: com o ambiente em que vivem, com outros de sua espécie e também outros animais. Que não tem uma linguagem articulada como a nossa, não é impossibilitado de que também possa nos contatar.

No caso de cães, o seu sistema de comunicação é muito complexo e é baseado em sinais auditivos, visuais, táteis e olfativos, que formam um sistema de linguagem corporal. Eles costumam ser ordenados para identificar e marcar seu território, para atender o estado fisiológico e emocional de outros cães e para expressar suas emoções, desejos e necessidades. Para este último, é que os seres humanos também podem interpretar este sistema, como também usá-lo para entender se eles querem nos dizer algo.

Que sentimentos um cão pode expressar?

Medo: Quando um cão está com medo, inseguro ou com a intenção de fugir, geralmente mantém a boca bem fechada e os olhos bem abertos. As orelhas estão normalmente no sentido inverso e cabeça está para baixo.

Outra manifestação particular do medo é chamada de “odores emocionais” produzidos em circunstâncias de estresse agudo e medo, como o que pode manifestar em um canil. Um odor penetrante e uma característica acompanhada por qualquer um dos outros gestos significa que o cão se sente realmente ameaçado. Além disso, seu corpo é curvado e ele pode até emitir gemidos. Ao rosnar e mostrar os dentes, significa que ele vai do medo para a raiva.

Apresentação: Quando um cão é submisso, as orelhas ficam para trás e o rabo entre as patas traseiras, em movimento.

Solidão: um cão que de repente se vê sozinho, uiva. Este comportamento vem das matilhas de cães selvagens, porque o uivo é para eles uma maneira de identificar sua localização quando se separaram. Pela mesma razão é que às vezes as sirenes da cidade, que podem ser confundidas com os uivos de outros cães e, preocupados como eles  são, acreditam que há um cachorro chamando por eles.

Excitação: um dos sinais de cães mais frequentemente interpretados é mover a cauda, ​​como um sinal de alegria. É verdade que um cão feliz abana o rabo, porque a situação que o faz feliz também é emocionante, mas às vezes, especialmente em cães de grande porte, é um sinal de excitação sexual ao ver um outro companheiro interessante.

Veja alguns outros sinais possíveis:

[Labioguia]

Comentários

CONTINUAR LENDO