Essas terríveis imagens que os senhores(as) verão a seguir, foram feitas na cidade de Shijiazhuang, a capital da província de Hebei, no norte da China, e nela vocês verão um cão sendo empurrado para dentro de uma espécie de jarro contendo água fervente e sendo cozinhado vivo.

Apesar de no vídeo muitas pessoas serem vistas, nenhuma delas mostra ser contrária ao que os dois homens irão fazer.

Eles forçam o cão a entrar no jarro com água fervente, e uma vez que está preso, o animal é ouvido gritando de agonia e dor, tentando inutilmente e desesperadamente sair daquela situação.

Quando os homens veem que o animal parou de lutar, eles removem a tampa e tiram o seu corpo, já flácido e sem vida o colocando no chão.

Isso tudo é feito na frente de dezenas de pessoas inclusive crianças, que ficam prestando atenção no desenrolar da cena e no sofrimento o qual o animal passou.

Mas isso infelizmente é comum na China, tendo em vista, que mais de 10 milhões de cães sejam abatidos por ano só para abastecer o comércio de carne local. Segundo informações do jornal inglês Daily Mail.

De acordo com a ativista Michele Brown, fundadora da ONG Fight Dog Meat, os cães são torturados no país em razão de uma antiga crença de que a carne dura traz benefícios para a saúde, incluindo o aumento da libido masculina.

A única maneira de obter a carne dura é inundar o corpo do animal consciente com adrenalina”, disse ela em entrevista ao Daily Mail.

“Na maioria das vezes o objetivo não é matar o cão de imediato, às vezes eles são torturados por horas”.

A ativista também contou que isso não é um hábito exclusivo da China. Há um enorme mercado de carne de cães e gatos no Vietnã, Camboja, Indonésia, Índia, Coreia do Sul e mais de 20 países africanos.

A Universo Inteligente adverte que: se você for uma pessoa que tem “sangue fraco” para essas coisas, é melhor que não assistir ao vídeo.

Fonte: [DailyMail]

Comentários

CONTINUAR LENDO