Provavelmente, você já deve ter roído suas unhas em algum momento de sua vida. Independente se foi por causa de um filme realmente assustador ou por ter sido um hábito comum que você teve durante a escola, muitos de nós passamos por isso.

Publicidade

Mas você já parou para pensar por que roemos nossas unhas? Algumas pessoas podem roer por ansiedade, e outros casos podem estar associados com estresse e nervosismo. Embora isso possa ser o caso de algumas pessoas, na verdade existem outras coisas que podem estar ligadas ao motivo de roer unhas.

Uma análise feita pelo Jornal de Terapia Comportamental e Psiquiatria Experimental indica que roer unhas pode ser ligado a perfeccionismo.

Hoje, a psicologia descreve o perfeccionismo como ‘um relatório interminável de realizações’ e é frequentemente associado à depressão. Vamos conferir algumas das pesquisas:

Comportamentos repetitivos como roer as unhas são definidos como ‘Comportamentos Repetitivos com Foco Corporal’ ou CRFC. Isso pode incluir outros hábitos semelhantes, como ficar apertando a pele e puxando os cabelos.

A fim de descobrir o que ativa esses comportamentos CRFC, pesquisadores apresentaram dois modelos. A Regulação Emocional (RE), e o Modelo de Ação Frustrada (AF).

O RE faz com que o AF reaja, o que sugere que a ansiedade, decepção e frustração são todos responsáveis pelos CRFCs.

Este estudo sugere que as pessoas que fazem esses CRFCs regularmente são mais propensas a experimentar uma AF.

Dr. Kieron O’Connor explicou que a partir desta pesquisa, eles acreditam que pessoas com tendências negativas repetitivas poderiam ser perfeccionistas. Isso significa que são incapazes de relaxar ou realizar tarefas a um ritmo médio.

Elas ficam impacientes e são propensas à frustração quando não podem alcançar seus objetivos, que é o que leva a maus hábitos.

Basicamente, roer as unhas e outros maus hábitos têm menos a ver com a ansiedade e estresse, e mais a ver com frustração, de acordo com os resultados.

Embora roer unhas e outros hábitos CRFCs possam parecer inofensivos, eles realmente têm consequências físicas e emocionais.

Algumas consequências físicas de roer unhas incluem sangramentos, risco de infecção, contaminação (dedo para a boca), o enfraquecimento e desajustamento dos dentes, além de outros.

Outros estudos mostram que roer as unhas pode estar relacionado a problemas de saúde mental mais sérios, tais como o transtorno obsessivo-compulsivo.

Então, o que você pode fazer para parar? Existem alguns métodos! Você pode tentar cobrir as unhas com uma fita, usar luvas, ou obter uma manicure que o impeça de roer.

Não vai ser um processo fácil, mas a primeira coisa a fazer é reconhecer que roer unhas é um mau hábito, e se você faz isso regularmente, você provavelmente deve considerar o risco.

Fonte: Providr

Que tal contribuir com um ponto? 😉

44 pontos
Upvote Downvote

Total votes: 58

Upvotes: 51

Upvotes percentage: 87.931034%

Downvotes: 7

Downvotes percentage: 12.068966%

Comentários

CONTINUAR LENDO
Publicidade