Abul Bajandar de Bangladesh – ou Homem Árvore, como ele é muitas vezes referido pelos meios de comunicação – subiu para a fama global quando estranhas raízes de ramificações de árvores começaram a brotar de suas mãos e pés.
Causadas por uma condição hereditária rara chamada Epidermodysplasia verruciformis, esses apêndices incomuns foram removidos pelos médicos em Dhaka, que esperam que possam ter sido possível curar a doença de uma vez por todas.
Bajandar foi submetido a 16 operações no Dhaka Medical College Hospital, onde os cirurgiões concordaram em tratá-lo gratuitamente depois de aprenderem sobre sua condição. No entanto, enquanto as raízes semelhantes às  árvores foram removidas, os médicos ainda não têm certeza se elas vão crescer de volta.

Epidermodysplasia verruciformis é caracterizada por uma elevada susceptibilidade à infecção por um vírus chamado papilomavírus. Muitas vezes, este vírus não produz nenhum sintoma, mas às vezes pode causar o crescimento de tumores, assim como os brotos de madeira que apareceram no corpo de Bajandar.

Samanta Lal Sen, que liderou a operação, disse à imprensa que o procedimento realizou um “marco notável na história da ciência médica”, já que se os tumores não retornarem, Bajandar será a primeira pessoa a ser curada dessa condição.

O próprio paciente está muito feliz com os resultados da operação, dizendo: “Nunca pensei que seria capaz de segurar meus filhos com as mãos”, e que por causa deste procedimento inovador “agora posso segurar meus filhos no colo e brincar com eles.”

Comentários

CONTINUAR LENDO