Olhando para Lágrimas sob um microscópio vemos um fato chocante.

Um dia, Rose-Lynn Fisher, se perguntou se as lágrimas de tristeza seriam diferentes em comparação as lágrimas de alegria. Então ela começou a explorá-las de perto, usando um microscópio.

Estudando mais de 100 lágrimas diferentes, ela descobriu que as lágrimas basais (as que nosso corpo produz para lubrificar os olhos) são radicalmente diferentes das lágrimas que acontecem quando estamos por exemplo cortando cebolas. As lágrimas que surgem do riso, não se parecem nem um pouco com lágrimas de tristeza.

Como uma gota de água no oceano, cada pequena gota de lágrima carrega consigo um microcosmo da experiência humana.

Vejam as diferenças:

Lágrimas daquelas que você rir até chorar

Lágrimas de rir até chorar
Rose-Lynn Fisher

Lágrimas de saudade

Lágrimas de mudança
Rose-Lynn Fisher

Lágrimas de tristeza

Lágrimas de tristeza
Rose-Lynn Fisher

Lágrimas de cebola

Lágrimas de cebola
Rose-Lynn Fisher

Joseph Stromberg, professor de Ciências da Smithsonian, explicou que existem três tipos principais de lágrimas: as basais, de reflexo, e as psíquicas (desencadeadas por emoções). Todas as lágrimas contêm substâncias orgânicas, incluindo óleos, anticorpos e enzimas. Diferentes tipos de lágrimas têm moléculas distintas. Lágrimas emocionais têm hormônios à base de proteínas, incluindo a encefalina neurotransmissor leucina, que é um analgésico natural que é liberada quando estamos estressados. Mesmo as lágrimas psíquicas, que tem a mesma composição química, podem ser muito diferentes umas das outras.

Lágrimas basais

lágrimas basais
Rose-Lynn Fisher

Lágrimas de um reencontro

Lágrimas de reencontro atemporal
Rose-Lynn Fisher

[LIFEBUZZ]

 

Comentários

CONTINUAR LENDO