Médicos de todo o mundo estão pedindo que deixem de dar Coca-Cola...

Médicos de todo o mundo estão pedindo que deixem de dar Coca-Cola as crianças

567274

Poucas pessoas realmente sabem o que acontece com o nosso corpo quando tomamos um copo do coca-cola.

E a razão para tal é que a bebida destrói os ossos das crianças, comprometendo o seu desenvolvimento até a fase adulta. Ela também é prejudicial aos adultos mas seus efeitos devastadores são mais fortes nas crianças, pois o refrigerante “dissolve” os nutrientes do corpo que seriam usados para fortalecer a criança como por exemplo os seus dentes e ossos.

Confira o passo a passo.

1. Nos primeiros 10 minutos:Você já ingeriu quase 10 colheres de chá de açúcar, o que equivale a 100% da quantidade diária recomendada pelos nutricionistas. Você só não vomita porque o ácido fosfórico mascara o seu sabor.

Adding sugar with a spoon.

2. 20 minutos depois:

O seu fígado tenta transformar toda essa quantidade de açúcar em gordura.

large_2

3. 40 minutos mais tarde:Suas pupilas se dilatam, sua pressão arterial sobe e os receptores de adenosina de seu cérebro são bloqueados, o que impede que você tenha sono.

large_26ec64dcb33dec1415ff4d91599fb62e3

4. 45 minutos mais tarde:

É neste momento que seu corpo aumenta a produção de dopamina, o que estimula os centros de prazer do seu cérebro.

large_9382a5d92a0b868a89236df32f85ec674

5. Em até 60 minutos:

O ácido fosfórico “prende” o cálcio, o magnésio e o zinco no seu intestino grosso, provocando um aumento em seu metabolismo.

large_43abc3410734bfafc4640f8b147053423

6. Em 60 minutos:

Você também vai eliminar o cálcio, o magnésio e o zinco que deveriam ir para seus ossos, junto com água e sódio.

large_6

7. Com pouco mais de 1 hora

Você vai ter eliminado toda a água que ingeriu com a Coca-Cola e começar a ter um “choque de açúcar”. Você pode se tornar mais lento para certos afazeres e mais irritado.

large_drinkingcoke

Então pense duas vezes antes de oferecer coca-cola a uma criança.

Assista ao vídeo:

Fonte: [DailyMail]

Comentários

CONTINUAR LENDO