Muitas pessoas usam estes caldos de galinha, carne ou legumes para darem sabor aos alimentos. O glutamato monossódico, ou GMS como é conhecido, ativa o sabor dos alimentos e misturados com outros temperos, ele é frequentemente encontrado nos mercados em carnes processadas, saladas, enlatados, comidas congeladas, etc.

Se você come “miojo” já teve ter percebido que no tempero deste produto há a presença do GMS, que inclusive pode estar presente inclusive nas papinhas de bebês.

Algumas pesquisas de ponta mostraram que o GSM pode ser uma excitotoxina, substância que mata várias células. Sabemos que as células cerebrais, quando danificadas, podem causar dores de cabeça, aceleração nos batimentos cardíacos, asma, palpitações e a longo prazo, pode levar à obesidade, enxaqueca, lesão ocular e ao mal do século: o câncer.

Além disso tudo, a ingestão de glutamato pode bloquear as funções neurológicas do hipotálamo, e fazendo uma pessoa comer muito mais do que precisa, o que leva os indivíduos à obesidade.

Desta forma, se você não quer sofrer desses problemas vale a pena começar a temperar os alimentos de maneira saudável, usando ervas, salsinha, alho, cebolinha, orégano, manjericão, tomilho, açafrão, entre muitos outros que podem ser usados para dar um up no sabor da comida.

Uma receita muito interessante que tem feito sucesso na internet são os cubinhos de ervas: basta picar as ervas de sua preferência e em uma pequena forma de gelo, adicionar óleo de coco, azeite ou manteiga derretida e colocar na geladeira por algumas horas. De maneira fácil e prática você terá um sabor delicioso ao seu alcance, que vale muito a pena tentar.

Veja as opções possíveis a seguir:

Viu só como não é necessário comprar esses itens?

Fonte: Diário de Biologia.

Comentários

CONTINUAR LENDO